Bruce Springsteen está de volta aos concertos, mas não vai ser permitida entrada de vacinados com AstraZeneca

0
visualizações

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Os fãs de Bruce Springsteen que quiserem assistir aos concertos devem apresentar prova obrigatória de ter recebido uma das vacinas contra a covid-19 aprovadas nos EUA. Os que tenham sido vacinados com a AstraZeneca não poderão assistir aos concertos do músico na Broadway.

Bruce Springsteen vai regressar a Nova Iorque na próxima semana e vai reabrir a Broadway com o primeiro concerto desde que as luzes se apagaram devido à pandemia do coronavírus. No entanto, segundo o jornal britânico The Guardian, os fãs que não tenham recebido vacinas aprovadas pelo governo dos EUA vão ficar de fora do espetáculo, como acontece com AstraZeneca, que ainda não faz parte do lote de aprovadas nos Estados Unidos.

Assim, o “Boss” estabeleceu regras restritas e, para a admissão, os portadores de bilhetes devem provar que receberam uma das três vacinas covid-19 com autorização de emergência da FDA: as vacinas de duas doses Pfizer-BioNTech ou Moderna, ou a vacina de dose única Johnson & Johnson.

Os proprietários do teatro, Jujamcyn, disseram que a estipulação foi imposta “sob a direção do estado de Nova Iorque”, e que a única exceção seria para as crianças com 16 anos ou menos, que ainda assim devem apresentar provas de um recente teste negativo além de serem acompanhadas por um adulto totalmente vacinado.

Para o concerto, não vai ser necessário o uso de máscara, e os produtores salientam que os lugares dentro do teatro com capacidade para 1.710 espectadores não têm distanciamento social.

O concerto de Springsteen no St James Theatre, em Nova Iorque, está a ser visto como um “teste” para uma reabertura mais ampla da Broadway.

Fonte: Sapo24.



LEIA TAMBÉM 

Leave Comment

EDITORIAIS

MAIS LIDAS DA SEMANA

FACEBOOK DIÁRIO GM

RECENTES