Boris Johnson foi a Kiev encontrar-se com Zelensky em visita surpresa

Reino Unido oferece 120 blindados e mísseis antinavio e antitanque à Ucrânia.

35
visualizações

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, reuniu-se hoje com o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky em Kiev, numa visita à capital ucraniana que não foi divulgada previamente, segundo uma imagem divulgada na rede social Twitter, pela embaixada ucraniana em Londres.
Foto: Reprodução Embassy of Ukraine to the UK (@UkrEmbLondon) / Twitter.

Na fotografia, Johnson e Zelensky surgem sentados à frente um do outro num gabinete junto às bandeiras de ambos os países, com a legenda “Surpresa”.

O gabinete de Boris Johnson afirmou que o líder do governo britânico quis “encontrar-se com o Presidente Zelensky em pessoa, num gesto de solidariedade com o povo ucraniano”, e deverá “apresentar um novo pacote de ajuda financeira e militar” ao país a braços com a invasão das forças russas.

O adjunto de Zelensky, Andriy Sybyga, também partilhou na rede social Facebook uma fotografia do encontro entre os dois líderes, escrevendo que “a Grã-Bretanha lidera o apoio militar à Ucrânia, a coligação antiguerra e as sanções contra o agressor russo”.

Boris Johnson é o primeiro líder de um país do G7 – grupo que reúne as maiores economias mundiais – a visitar a Ucrânia desde o início da invasão russa, que começou a 24 de fevereiro.

Na sexta-feira, Johnson afirmou que o Reino Unido entregará à Ucrânia mais mísseis antiaéreos Starstreak, 800 mísseis antitanque e munições de precisão antiaéreas.

Prometeu também mais capacetes, equipamentos de visão noturna e equipamento à prova de bala, assim como 200.000 equipamentos não letais que o Reino Unido já se tinha comprometido a entregar aos militares ucranianos.

Reino Unido oferece 120 blindados e mísseis antinavio e antitanque à Ucrânia.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou hoje, depois de se reunir com o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, que o Reino Unido entregará a Kiev 120 veículos blindados e sistemas de mísseis antinavio e antitanque.

Durante o encontro, os dois líderes falaram sobre ajuda económica e militar e Boris Johnson anunciou uma nova rubrica de financiamento de 500 milhões de dólares (cerca de 450 milhões de euros) para a Ucrânia através do Banco Mundial, o que eleva o montante total de fundos comprometidos por esse meio para 1.000 milhões de dólares (cerca de 910 milhões de euros).

A ajuda financeira, ainda sujeita à aprovação do Parlamento britânico, pretende “continuar a manter os serviços humanitários vitais em funcionamento”, segundo um comunicado do Governo do Reino Unido.

Boris Johnson prometeu ainda fornecer à Ucrânia 120 veículos blindados e mísseis antinavio, bem como 800 projéteis antitanque, para fazer frente às forças invasoras russas.

“A Ucrânia desafiou as probabilidades e afastou as forças russas dos portões de Kiev”, disse o primeiro-ministro britânico, classificando a resistência ucraniana como “o maior feito de guerra do século XXI”.

“Esta visita é uma manifestação do apoio resoluto, forte e contínuo do Reino Unido à Ucrânia”, explicou Boris Johnson.

 

Fonte: Sapo.



LEIA TAMBÉM 

Leave Comment

EDITORIAIS

MAIS LIDAS DA SEMANA

FACEBOOK DIÁRIO GM

RECENTES